domingo, 20 de março de 2011

Resenha: Os elefantes não esquecem

Postado por Gisele Barreto às 17:39

Sinopse:
Hercule Poirot parou no alto do penhasco. Neste cenário, uma mulher sofrera um trágico acidente, anos atrás. Algum tempo depois, mais uma tragédia: dois outros corpos foram descobertos - marido e mulher - mortos a tiros. Mas quem matou quem? Teria sido um pacto suicida? Um crime passional? Ou um assassinato a sangue-frio? Poirot embrenha-se no passado e descobre que "antigos pecados deixam marcas profundas".

Resenha:
O livro começa com Ariadne Oliver, uma grande escritora de romances policiais que, num jantar conhece uma mulher que faz algumas perguntas a mesma, despertando a curiosidade na sua cabeça e com a ajuda de seu amigo Hercule Poirot começa as investigações sobre o tal caso. Como ela escreve romances policiais, para desvendar o caso ela começa a usar algumas teorias que são produto de lendas.

Encontrei esse livro na biblioteca daqui da minha cidade (interiorzinho da Bahia) e resolvi pegar para ler, só que eu fiquei surpresa com a história, no começo estava um pouco chato, mas depois a leitura fluiu, e eu não queria mais parar de ler. E não costumo muito ler esses tipos de livros - coisas de detetives, etc - mas realmente me surpreendi. A história tomou um rumo totalmente diferente do que eu esperava. E isso é uma das coisas que eu mais gosto, a autora consegue montar uma linha de raciocínio na sua cabeça e depois acaba mudando tudo.
Enfim, o livro é muito bom, recomendo a todos, mesmo que não gostem de casos policiais, dêêm uma chance a esse estilo literário \o/.

Beijoos ;*

3 comentários:

Andréa disse...

Olá!!

Se gostou de Agatha, procure ler "O Caso dos Dez Negrinhos" é um dos meus favoritos dela!! Muito bom mesmo!

Bjus!

Caah Oliveira disse...

Oi, gostei do livro e da sua resenha. Parece ser bem legal. Beijos;

Thata disse...

Agatha Christie é genial. Sou completamente viciada nos livros dela. Grande parte dos livros são assim: eles nos incitam a tirar uma conclusão, só pra ela poder destruí-la no final. Fora que a narrativa de titia Agatha é muito boa, fluída e descritiva.
Hora de visitar mais a biblioteca e pegar mais volumes. Assassinato no Expresso do Oriente é um dos mais amados. Gosto muito de Cai o Pano também.

 

Cafofo da Giih Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review